Rotas do champô sólido ecológico português para os mercados externos são feitas com pegadas verdes
Champô Sólido

02 Outubro 2020

Rotas do champô sólido ecológico português para os mercados externos são feitas com pegadas verdes

Rotas do champô sólido ecológico português para os mercados externos são feitas com pegadas verdes

A Shaeco aderiu, na sua estratégia de internacionalização, a uma solução de expedição ambientalmente mais responsável, com o objetivo de reduzir a sua pegada de carbono, também na cadeia logística e de transporte.


Há preocupações – graúdas – que ganham outra dimensão quando as traduzimos por miúdos. E é por isso que, de há seis meses a esta parte, depois da sua estreia no mercado de cosmética português, a Shaeco se habituou a sublinhar que um camião de transporte cheio com o seu champô sólido One & Done é equivalente a cerca de 10 a 15 camiões carregados com embalagens de champô líquido.




Como se não bastasse, e porque aderiu à solução DHL GoGreen - que minimiza e/ou evita emissões de gases poluentes relacionadas com logística, desperdício e outros impactos ambientais em toda a cadeia de fornecimento -, as rotas terrestres deste champô ecológico deixam pegadas verdes até chegar às casas dos seus clientes, nos mercados externos onde a marca de Viana do Castelo já atua e, também, naqueles que vão cruzar a sua estratégia de internacionalização (França, EUA, Espanha, Reino Unido, Suécia, Alemanha e Emirados Árabes Unidos, entre outros).

Além de ser uma insígnia livre de plásticos, e que usa embalagens minimalistas 100% recicladas e recicláveis (com tintas de base vegetal) e ingredientes naturais na produção (como o óleo de argão e o extrato de coco), a Shaeco poupa assim mais agressões ao planeta. Pelo simples facto de o champô sólido conter, em média, menos 70% de água na sua produção.

Ora, como é compacto, permite também reduzir o impacto do transporte. Foi, aliás, essa a razão pela qual a multinacional da logística DHL (que opera em mais de 220 países e emite cerca de 30 milhões de toneladas de dióxido de carbono por ano) lançou o programa GoGreen – um compromisso pela sustentabilidade ambiental, que tem no horizonte a meta de zero emissões em 2050.

«A Shaeco nasceu com um grande compromisso pela sustentabilidade. E fez todo o sentido estendermos esse trilho à nossa cadeia logística mais longa, a da exportação. Daí termos aderido a uma solução de expedição mais ecológica», explica Vera Maia, uma das mentoras da marca.




Cada barra de champô One & Done, com 115 gramas, equivale praticamente a três champôs “normais” de 250 mililitros. Isto porque, no fundo, quando compramos champô líquido estamos a adquirir, essencialmente, água com um agente de limpeza.

«No desenvolvimento do nosso champô sólido, vegan e cruelty-free, que durou cerca de um ano, procurámos um produto de qualidade premium com um desempenho equivalente - ou melhor - que os champôs “tradicionais”, tanto em termos de espuma, como aroma e propriedades de limpeza», enfatiza Vera Maia.

Mas o futuro imediato será marcado por mais novidades, visto que a Shaeco tem desenvolvimento um condicionador sólido, um sabonete de rosto e de corpo. Igualmente dentro do conceito eco-friendly.

Deixa o teu comentário sobre este artigo

Formulário foi submetido com sucesso.
Campo obrigatório
Email inválido
Campo com limite máximo de caracteres
Este campo não coincide com o anterior
Campo com limite mínimo de caracteres
Ocorreu um erro ao submeter o formulário. Por favor, corrige e volta a submeter.

* Campos obrigatórios

Acabou de adicionar

Ver carrinho
{{lastProduct.title}}

Subtotal: {{total_price.value}}

Loading

Por favor, seleciona um tamanho
Por favor, seleciona uma cor
Por favor, seleciona o material
Adicionado ao carrinho
{{product.featured_image.alt}}

{{product.list_title}}

desde:

{{product.previous_price.value}}

{{product.price_min.value}}{{product.price.value}}